Jornal Itapeva Times Resumo da Câmara- Dia 26 de agosto - Jornal Itapeva Times

Resumo da Câmara- Dia 26 de agosto

Josoel Borges 27 de agosto de 2013
Resumo da Câmara- Dia 26 de agosto

A sessão de Câmara desta segunda-feira (26) teve como destaque a proposta de vereador Marmo em organizar um cronograma para convocar os secretários da cidade para falar da gestão até o momento e as metas para o final de 2013.

ATÉ QUANDO?

O vereado Jé se mostrou revoltado com a situação da região perante as demais regiões do estado, o vereador disse que esteve no final de semana passada em um evento do governo de São Paulo e ao passar por uma estrada vicinal que liga Tatuí a Capela do Alto não acreditava no que via, a estrada vicinal é de pista dupla, segundo Jé o ex-vereador Tarzan estava junto com ele e também se mostrou indignado que até uma vicinal ligando os municípios citados é duplicada enquanto nossa região sofre com pistas simples.

Jé disse que resolveu bancar o repórter, pois sabia que o governador não iria atender um vereador durante o evento e tratou de se apresentar como integrante de um jornal de Itapeva e quando teve a oportunidade questionou o governador sobre a 16ª Região Administrativa, a qual o governador disse que até o final do ano seria instalada, em seguida o vereador disse que questionou sobre a duplicação da SP-258 que liga Capão Bonito a Itapeva e que o governador não soube responder, disse que iria estudar a questão e depois daria uma resposta.

MACACO VELHO…

O vereador Marmo Fogaça apontado pelos demais colegas como referência em assuntos orçamentários fez duras criticas a questão da reforma administrativa, para o vereador o Secretário Municipal de Coordenação e Planejamento, Marco André, está somente enrolando para apresentar o projeto que não especifica determinados tópicos, Marmo disse ainda que o secretário anuncia que o projeto vai passar, pois já tem oito votos favoráveis, porém quando questionado sobre de quem seriam esses votos o mesmo não diz e que o voto dele (Marmo) o secretário não tem porque não consegue convencer quem detém conhecimento nessa área.

Marmo falou ainda sobre a situação do trecho que liga o Jardim Maringá a Vila Bela Vista, o vereador disse que já está praticamente tudo certo para que seja inaugurada a iluminação desse trecho e que só faltava à prefeitura providenciar um documento para Elektro que a empresa já estaria disponibilizando a energia e que assim o prefeito Roberto Comeron poderia inaugurar a sua primeira obra no governo.

PROBLEMAS, PROBLEMAS, PROBLEMAS.

O vereador Preto do Bairro de Cima tocou em ponto importantes e que merecem atenção especial, o primeiro ponto foi sobre os trabalhos feitos pela Sabesp e suas empreiteiras que estão causando transtornos a toda a população, o vereador citou a Rua Capão Bonito, na parte em frente à escola Zulmira de Oliveira, Preto falou do buraco deixado pela Sabesp no local e que há um risco enorme de acontecer algum acidente no local principalmente por causa da escola, o vereador se mostrou indignado com a falta de profissionalismo e responsabilidade nos serviços realizados. A fala de Pretor foi apoiada pelo vereador Pedro Correa que disse que a situação se repete em vários pontos da cidade e pede que a Sabesp seja duramente cobrada.

Preto falou ainda que vê o vereador Jé defendendo os comerciantes da cidade e que está correto, porém devem lembrar também dos funcionários e assim pedir para que seja implantada uma creche noturna no município, pois para o vereador não adianta os funcionários trabalhar até mais tarde se tiverem que pagar alguém para tomar conta de seus filhos nesse horário e por isso a creche noturna seria um excelente auxílio.

Outro ponto que o vereador voltou a citar é a questão de proteção nos disk caçambas, Preto disse que presenciou um tijolo caindo de cima de um desses caminhões que fazem o transporte das caçambas e que por sorte não atingiu ninguém, o vereador disse não entender como ainda é permitido que os caminhões trafegassem pela cidade com as caçambas carregadas acima do limite. Neste momento o vereador Marmo pediu a parte e disse que falou com o Ministério Público sobre esse assunto e que havia sido informado que essa questão faz parte de uma Lei Municipal que obriga os disk caçamba a colocar proteção nos caminhões para evitar qualquer tipo de acidente, porém cabe ao município fiscalizar, sendo assim a Câmara deve notificar a prefeitura sobre essa questão e caso nada seja feito entrar com ação junto ao Ministério Público e que está disposto a ajudar o vereador Preto nessa questão.

TUDO ESCLARECIDO!?!

Para o vereador Laércio Lopes a questão da Reforma Administrativa está tudo em ordem, o vereador disse o secretário Marco André esclareceu vários pontos do projeto em uma reunião onde estiveram presentes alguns vereadores e funcionários da área jurídica da Câmara. Laércio disse que os itens que geravam dúvidas foram prontamente esclarecidos por Marco André que estaria à disposição para ir até a Câmara e tirar as dúvidas dos demais vereadores.

No entanto o vereador Eliel Ferreira se mostrou descontente com Laércio Lopes, disse que quando chamaram o secretário da Educação Gustavo Tadeu, para dar explicações sobre um determinado assunto o vereador Laércio falou primeiro com o secretário e retransmitiu a explicação do secretário e assim os vereadores ficaram a mercê do que queriam questionar e que agora estava acontecendo a mesma coisa com Marco André. O vereador Laércio respondeu que o secretário Marco André estava a disposição e era somente convidá-lo a dar explicações que ele compareceria sem problemas nenhum e que o Poder Executivo está aberto a todos.

A SOLUÇÃO!!!

O vereador Marmo apontou a solução para que os secretários atendam aos pedidos dos vereadores, para Marmo a questão é simples, é convocar os secretários.

O vereador disse que já está organizando um cronograma de convocação e que a medida é coercitiva e constitucional e que assim os secretários estarão indo até a Câmara para prestar esclarecimentos para os vereadores e população em geral sobre a sua atuação frente a determinada pasta e que as explicações serão dadas em sessões de Câmara e não em comissões como vem sendo feitas atualmente.

Marmo disse ainda que o único que não pode ser convocado é o prefeito e a esse sim deve ser feito um convite, o vereador disse ainda que o primeiro secretário a ser convocado deve ser o secretário de Obras, Junior Zacharias.